Compartilhe essa Notícia:

 


Os pacientes da rede municipal de saúde de Joselândia que precisam da "receita azul" para conseguirem medicamentos controlados estão sendo prejudicados pela falta do receituário naquela cidade.

Os familiares dos pacientes afirmam que para dar continuidade ao tratamento dos pacientes que precisam de remédios controlados, a receita azul é item indispensável. Eles precisam renovar a receita todos os meses e impedir que o tratamento seja prejudicado, mas afirmam que não estão conseguindo a receita azul.

"Desde quinta-feira eu venho correndo atrás de uma receita azul e ainda não recebi, porque não tem de jeito nenhum. E a minha mãe depende desse medicamento. Todo dia a gente vai e sempre dizem: 'não, é amanhã', 'é amanhã'. E nunca consegui pegar", relatou a filha de uma paciente, que preferiu não se identificar.

Outra reclamação que os moradores fazem é em relação ao Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) do município que, segundo os relatos, encontra-se fechado e sem a realização de consultas médicas.

"Eu gostaria de saber como o senhor prefeito irá fazer com os pacientes do CAPS, inclusive meu marido é um deles. Ele precisa da consulta médica e não tá tendo nem receita azul. O negócio aqui tá é sério, os pacientes precisam de consulta médica com urgência", afirmou outra moradora.

As famílias esperam a solução do problema o mais rápido possível. O blog está a disposição para o direito de resposta da Secretaria Municipal de Saúde de Joselândia.

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

0 Comentários

Informe da ALEMA