Compartilhe essa Notícia:

A aplicação das primeiras doses está prevista para ocorrer em profissionais de saúde da rede estadual do Maranhão (nas próprias unidades de saúde em que trabalham) e de pessoas indígenas

Foto: O Imparcial

Na noite desta segunda-feira (18), o Governo do Maranhão realizou uma coletiva de imprensa presencial com assunto referente ao início da vacinação contra a Covid-19 no estado.

Durante a coletiva, cinco profissionais de saúde foram os primeiros vacinados contra a Covid-19 no Maranhão, sendo eles:

- Egle Maia Sousa, técnica de enfermagem do Hospital Dr. Carlos Macieira;

- Fabiana Guajajara, indígena da Aldeia Arariboia; 

- Conceição de Azevedo, médica infectologista do Hospital Presidente Vargas;

- Henrique Novaes Sobrinho, fisioterapeuta do Hospital Dr. Carlos Macieira;

- Sônia de Matos, enfermeira do Hospital Genésio Rêgo.

A aplicação das doses está prevista para ocorrer primeiramente em profissionais de saúde da rede estadual do Maranhão (nas próprias unidades de saúde em que trabalham) e de pessoas indígenas.

O governador Flávio Dino afirmou que o Governo do Estado possui 164 mil doses de vacina no Maranhão e fornecerá as vacinas e seringas aos municípios maranhenses. Assim como organizarão os kits para a distribuição das vacinas nas cidades até esta terça-feira (19) e que as vacinações possam iniciar na quarta-feira (20).

Flávio Dino ainda disse que, de acordo com um pesquisador da Fiocruz, o Maranhão é o estado com menor índice de mortalidade por 100 mil habitantes no ranking nacional.

“Quando a vacina entra no braço de um profissional de saúde é um agradecimento, é um muito obrigado. E eu espero que a vacina chegue no braço de muitos eles, que chegue no coração de todos eles”, falou o governador.

O secretário de Estado da Saúde e Presidente do Conselho Nacional de Secretários de Saúde, Carlos Lula, disse durante o momento: “Esse medo está sendo substituído agora pela esperança”.

Fonte  - O Imparcial

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

0 Comentários

Informe da ALEMA