Compartilhe essa Notícia:




A ex-prefeita de Olho d’Água das Cunhãs, Viliane Costa, que deixou o cargo devendo praticamente todos servidores, divulgou uma nota em blog e nas redes sociais, nesta quarta-feira (6), passando a informação de que ela não causou prejuízo a ninguém, muito menos, aos profissionais da educação do município.

Na nota, Viliane joga a justificativa dos ex-prefeitos que perderam a reeleição e não têm compromisso em deixar o cargo quite com as folhas de pagamento da Prefeitura. Em resumo, ela afirma que o dinheiro da prefeitura para pagar o mês de dezembro, vai entrar nos cofres do município neste mês de janeiro de 2021; então, quem tem que pagar é o novo prefeito.

A prefeita que recebeu milhões em recursos do Fundeb em dezembro, mas não pagou os profissionais da educação, encerra a nota afirmando que “cumpriu com sua reponsabilidade, enquanto prefeita, e que sempre esteve do lado das lutas dos professores.” Os educadores olhoguadenses queriam mesmo era o dinheiro deles nas contas antes do ano novo.

Novo prefeito desmente a ex-prefeita

Já a gestão do prefeito, Glauber Azevedo (PCdoB), apresentando mais de 40 páginas de extratos bancários do município, comprova que ele recebeu as contas zeradas. Os extratos estão à disposição da população. A Procuradoria do Município de Olho d`Água das Cunhãs, em nota, acusa a prefeita de improbidade administrativa e que a gestora será denunciada até na Polícia Federal.

Leia.  

Na última segunda-feira (04), tivemos acesso às contas bancárias do município e pudemos constatar que a Ex-Prefeita Viliane Costa em total desprezo às leis e desrespeito à população olhodaguense, em especial os servidores públicos municipais deixou as contas da Prefeitura Municipal literalmente "zeradas".

Esse ato grave, constitui ato de improbidade, ilícitos penais que serão denunciados aos órgãos competentes, em especial o Ministério Público Estadual, Ministério Público Federal, Polícia Civil e Polícia Federal, para que investiguem e punam os gestores e empresas que praticaram condutas ilegais.

A Controladoria Geral do Município já está fazendo um relatório minucioso para identificar todos os beneficiários das transferências ilegais realizadas pela Ex-Prefeita e seus Secretários, que receberam recursos públicos em detrimento dos servidores públicos municipais.

Vale ressaltar que o pagamento dos servidores públicos não se resumem apenas aos profissionais da educação.

Informamos aos servidores municipais e à população em geral que estamos adotando as medidas necessárias para ressarcir os cofres públicos que foram lesados pela ex-gestora e empresas beneficiárias, bem como, para assegurar os compromissos financeiros da administração pública municipal.


A Procuradoria-Geral do Município



Prints de parte dos extratos de contas do município de Olho D`Água das Cunhãs

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

0 Comentários

Informe da ALEMA