Compartilhe essa Notícia:

Nas eleições municipais deste ano, vários institutos de pesquisa cometeram supostos "erros" ao divulgar resultados de pesquisas de opinião dos eleitores. Porém, nenhum chegou perto dos "erros" colossais cometidos pelo Instituto Emet.

Ainda na semana do pleito, a empresa chegou a apresentar resultados de pesquisa de opinião, informando que Deibson Balé, candidato da situação de Trizidela do Vale, tinha 45,7% das intenções de voto, enquanto o oposicionista Vinícius Louro estaria tecnicamente empatado com ele, tendo 39,13% de apoio do eleitorado. Veja:

Resultado da pesquisa 

Margem de erro do Emet é 3% e estariam empatados tecnicamente 


Resultado nas urnas (3.673 votos de diferença)


Maior Erro do Emet

Em Esperantinópolis, os resultados da pesquisa foram ainda mais absurdos. Os dados apontavam que o candidato da oposição, Rogério Almeida (PCdoB), tinha 62%, enquanto o atual prefeito Aluisinho do Posto (PTB), que concorria à reeleição, tinha apenas 28%.

Resultado da pesquisa da EMET na semana do pleito 


A oposição de Esperantinópolis usou os dados da pesquisa nas redes sociais e divulgou tudo nas ruas da cidade, mas o resultado nas urnas mostrou um cenário completamente oposto. Aluisinho ganhou com 59,05%, enquanto Dr. Rogério passou longe de um empate, não chegando a 40% dos votos. 

Veja o resultado nas urnas de Esperantinópolis 
 


Os dados ou "erros" poderiam ser considerados meros oscilações de resultados de pesquisas de opinião eleitoral, mas o grupo da situação não deixou por isso mesmo. O Blog foi informado de que os advogados da coligação ''Vitória do Povo'', liderada pelo prefeito reeleito Aluisinho do Posto, ingressou com uma ação judicial contra a empresa EMET, alegando suposta fraude para beneficiar o candidato adversário, no caso Rogério Almeida. 

Quem pensa que os vencedores estão tranquilos, comemorando a vitória e que "esqueceram" o que aconteceu durante o pleito, estão enganados. Eles estão indo atrás, cobrando e, caso seja comprovada a fraude, o instituto será devidamente punido pela justiça. 

Não se sabe se o prefeito eleito de Trizidela do Vale, Deibson Balé (PDT), também ingressará na Justiça contra o Emet, e o presente blog não sabe se o instituto Emet cometeu os mesmos "erros flagrantes" em outros municípios do estado. 

O certo é que os resultados apresentados pela empresa e que foram flagarosamente desmentidos nas urnas são abismais.

O outro lado 

O Blog está a disposição da empresa Emet para a publicação de nota de esclarecimento ou direito de resposta caso solicitado. (pf.carlosalberto@hotmail.com). 
⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

0 Comentários

Informe da ALEMA