Compartilhe essa Notícia:


Presidente manifestou apoio a candidatos a prefeituras em 'lives' na internet. Nove não se elegeram, três foram eleitos e dois irão disputar o segundo turno.

Nas eleições do último dia 15, Lago da Pedra trouxe Maura Jorge de volta ao cargo de prefeita do município. A candidata venceu Laércio Arruda, que tentava sua reeleição. 

Com essa vitória, Maura Jorge se tornou uma das poucas candidatas a prefeita apoiada diretamente por Bolsonaro a vencer nas urnas, no processo eleitoral do dia 15 de novembro. Desde a corrida eleitoral para presidência do país em 2018, Maura Jorge foi uma fiel apoiadora do até então candidato Jair Messias Bolsonaro.

Com a vitória do presidente, a líder lagopedrense manteve relações estreitas com o presidente, chegando a ocupar o cargo de Superintendente da Funasa do Maranhão.

O carinho do presidente também ficou claro nas eleições municipais deste ano, e em diversas ocasiões Bolsonaro chegou a destacar seu apoio por Maura Jorge.

Senador Roberto Rocha e Bolsonaro manifestando apoio a Maura pouco antes das eleições municipais

Bolsonaro e Maura Jorge a época das eleições para Presidente e Governador

Eleitos

Além de Maura Jorge, entre os candidatos às prefeituras apoiados por Bolsonaro, dois se elegeram.

Gustavo Nunes (PSL) venceu a disputa pela prefeitura de Ipatinga (MG). Com 100% das urnas apuradas, ele contava com 40,90% dos votos.

Em Parnaíba (PI), outro candidato apoiado por Bolsonaro também foi eleito. Mão Santa (DEM) venceu com 68,34% dos votos após 100% das urnas apuradas.

Os seguintes candidatos foram para o segundo turno

Marcelo Crivella (Republicanos), atual prefeito do Rio de Janeiro e apoiado por Bolsonaro, vai disputar o segundo turno com Eduardo Paes (DEM). Crivella teve 21,90% dos votos com 99,99% das urnas apuradas.

Em Fortaleza (CE), o candidato apoiado por Bolsonaro, o capitão Wagner (PROS), foi para o segundo turno com Sarto (PDT). Wagner teve 33,32% dos votos e Sarto, 35,72%.

Não eleitos

Em São Paulo (SP), o candidato apoiado por Bolsonaro era Celso Russomano (Republicanos). Com 99,67% das urnas apuradas, Russomano ficou em quarto lugar, com 10,50% dos votos. 

Em Belo Horizonte (MG), o candidato Bruno Engler (PRTB), apoiado por Bolsonaro, contava com 9,95% dos votos quando havia 99,76% das urnas apuradas. 

No Recife (PE), a delegada Patrícia (PODE), apoiada por Bolsonaro, ficou em quarto lugar na disputa.

Em Manaus (AM), o Coronel Menezes (Patriotas) ficou em quinto lugar na disputa, com 11,32% dos votos. 

Em Santos (SP), com 90,80% das urnas apuradas, a eleição ainda estava indefinida. O candidato Ivan Sartori (PSD), apoiado por Bolsonaro, disputava um possível segundo turno com Rogério Santos (PSDB). Sartori estava com 18,33% dos votos, enquanto Santos tinha 51,12%.

Em Sobral (CE), o candidato do Bolsonaro perdeu. Foi eleito Ivo Gomes (PDT), com 59,23% dos votos, enquanto Oscar Rodrigues (MDB) ficou com 40,77%.

Em Cabo Frio (RJ), com 100% das urnas apuradas o candidato doutor Serginho recebeu 33,7% dos votos, ficando em segundo lugar na disputa.

Em Cabedelo (PB), a candidata à prefeitura Morgana Macena recebeu 12,2% dos votos com 100% das urnas apuradas.

Em Criciúma (SC), a candidata Julia Zanatta (PL) ficou em terceiro lugar com 7,03% dos votos. Venceu o candidato Salvaro (PSDB), com 72,36% dos votos.
⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

0 Comentários

Informe da ALEMA