Compartilhe essa Notícia:

A causa da explosão ainda não foi elucidada.


Um foguete de treinamento que fazia parte dos testes do Centro de Lançamento de Alcântara – CLA sofreu uma explosão na manhã de quinta-feira (12) em Alcântara. Apesar do acidente, não havia nenhum agente de operações no interior do foguete no momento. A causa da explosão ainda não foi elucidada.

Até o momento as autoridades não informaram se houve alguma vítima no acidente. Segundo o Centro, a explosão ocorreu durante uma fase de testes realizadas com o foguete durante a manhã. O acidente relembra outros acontecimentos no CLA, como a tragédia de 2003 e o último acidente que nesta sexta-feira (13) completa exatos cinco anos.

Outros casos

Tragédia de 2003


No dia 22 de agosto de 2003, um foguete Veículo Lançador de Satélites – VLS explodiu na CLA matando 21 pessoas. O veículo ficou pronto para a partida após ser acionado três dias antes do lançamento previsto.

O foguete tinha 21 metros de altura e estava cotado para lançar dois satélites de observação terrestre. 21 pessoas que estavam na torre de lançamento no momento da explosão foram vítimas fatais. A causa do acidente foi concluída pela Aeronáutica como um “acionamento intempestivo” de um dos quatro motores que compunham o aeronave, o acionamento foi provocado por uma peça que ligava o motor do foguete.

Até hoje não se sabe a real causa do detonador ter disparado, apesar disto a corrente elétrica ou uma descarga eletrostática são hipóteses levantadas pelas investigações.

Acidente em 2015

Nesta sexta-feira (13), completam 5 anos desde o último acidente em 2015 na CLA. Desta vez, não houve nenhuma vítima, o Centro informou que a causa do acidente, a explosão o foguete VS- 40M V3 ainda antes da decolagem, foi causada por uma falha no motor .

O objetivo do lançamento era lançar o Satélite de Reentrada Atmosférica (SARA), para a realização de estudos em ambiente de microgravidade num período de até 10 dias.

Fonte - O Imparcial

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

0 Comentários

Informe da ALEMA