Compartilhe essa Notícia:

Levantamento foi realizado com dados da Controladoria-Geral da União (CGU) e do Tribunal de Contas do Estado (TCE-MA). Prejuízo aos cofres públicos ultrapassa os R$ 62 milhões.

Um levantamento da Controladoria-Geral da União (CGU) e do Tribunal de Contas do Estado (TCE-MA) apontou que 85.213 servidores públicos estaduais e municipais receberam de forma irregular o Auxílio Emergencial no Maranhão.

O levantamento aponta que entre os 26 estados e o Distrito Federal, o Maranhão foi a unidade da federação em que mais servidores públicos receberam o auxílio. Em todo o país, mais de 317 mil funcionários públicos receberam o benefício e o prejuízo aos cofres públicos chega a R$ 222,987 milhões.

CONTINUE LENDO A MATÉRIA: CLIQUE AQUI. 
⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

0 Comentários

Informe da ALEMA